o-perigo-de-olhar-para-tras

O inteligente aprende com os seus próprios erros, o sábio aprende com o erro dos outros; mas o tolo nunca aprende e paga caro por isso. A leitura da Bíblia tem o potencial de tornar sábios aqueles que a leem. As passagens bíblicas que acabamos de ler ensinam a sabedoria de não olhar para trás. A Bíblia nos ensina a olhar para trás, quando isso se referir a engrandecer a Deus (Sl 103) e também no sentido de aprendermos lições. Fora disso, um olhar para o passado pode paralisar e matar aqueles que assim o fazem.

 I – Escolhas.

a) “Ló escolheu todo o vale do Jordão e partiu em direção ao leste. Assim os dois se separaram: Abrão ficou na terra de Canaã, mas Ló mudou seu acampamento para um lugar próximo a Sodoma, entre as cidades do vale. Ora, os homens de Sodoma eram extremamente perversos e pecadores contra o Senhor” (Gn 13.11-13)

b) Quando Abrão e seu sobrinho Ló tiveram que se separar em razão do viaga conflito de seus pastores, Abrão mandou Ló escolher a parte da terra para a qual ele gostaria de ir. Ló escolheu o vale do Jordão, por ser bem irrigado; portanto lhe daria uma boa possibilidade de prosperidade material. Porém, Ló desconsiderou que era uma terra dominada pela perversidade e pecados.

c) Toda escolha que nos aproxima do pecado é uma má escolha. A mulher de Ló errou ao olhar para trás, mas ele também errou quando olhou para frente e priorizou mais os valores materiais que os espirituais. Quando invertemos a nossa ordem de prioridades, sempre enfrentaremos sérios problemas e, muitas vezes, até o que se priorizou (coisas materiais) é perdido. Em nossas escolhas, busquemos colocar em primeiro lugaro que é eterno; e não só as coisas que nos oferecemvantagens materiais, temporais e terrenas (Mt 6.33).

 

II –Pecado e destruição.

a) “Disse-lhe, pois, o Senhor: As acusações contra Sodoma e Gomorra são tantas e o seu pecado é tão grave” (18.20). “Chamaram Ló e lhe disseram: Onde estão os homens que vieram à sua casa esta noite? Traga- os para nós aqui fora para que tenhamos relações com eles” (19.5). “Então o Senhor, o próprio Senhor, fez chover do céu fogo e enxofre sobre Sodoma e Gomorra. Assim ele destruiu aquelas cidades e toda a planície, com todos os habitantes das cidades e a vegetação” (19.24,25).

b) Todo pecado é visto pelo Deus que é o único, verdadeiramente, santo e justo. A justiça divina exige que o pecado seja castigado. Em Sodoma e Gomorra havia muita perversão sexual, pois os homens queriam outros homens para se relacionar sexualmente. A contaminação pelo pecado era tão grande que não restou outra alternativa a não ser a destruição total daquelas cidades. Se Deus não destruísse aquelas cidades, elas iriam contaminar outras. “Pois o salário do pecado é a morte, mas o dom gratuito de Deus é a vida eterna em Cristo Jesus, nosso Senhor” (Rm 6.23).

c) Precisamos vencer todo pecado que tem acessado a nossa vida. Pois o salário dele é a morte (separação de Deus) e a destruição das várias áreas de nossa vida. No entanto, quando nos arrependemos e deixamos o pecado, recebemos o dom gratuito de Deus que é a vida eterna.

 

III – Olhar para trás.

a) “Mas a mulher de Ló olhou para https://www.viagrasansordonnancefr.com/viagra-prix/ trás e se transformou numa coluna de sal” (19.26).

b) A mulher de Ló já havia deixado o local do pecado, mas caiu na tentação de voltar o seu olhar ao lugar do pecado. Esse olhar para trás trouxe-lhe paralização, destruição, morte. O povo de Israel que saiu do Egito, peregrinou no deserto, porém ficava olhando para trás, valorizando as coisas do Egito. Por isso foi destruído e não entrou na terra prometida. Eles tinham tudo o que precisavam, mas queriam o que não precisavam. Jesus, falando sobre a Sua volta, disse: “Lembrem- se da mulher de Ló!” (Lc 17.32).

c) Quando se olha para trás e se valoriza a vida de pecado, sem Cristo, e se diz que na vida anterior havia coisas melhores, despreza-se o Salvador. Quando se cai na armadilha do Diabo, olha-se para trás, aceita-se as acusações que ele faz; ocorrendo, então, a queda na vida espiritual. Uma outra forma de olhar para trás e morrer, acontece quando ficamos relembrando os males que outros nos fizeram, ou seja, não perdoamos. Quem não perdoa está sempre olhando para trás e experimentando morte e paralização. A falta de perdão mata a vida espiritual, os relacionamentos, famílias e ministérios. Paralisamos e morremos para muitas vitórias quando olhamos para os fracassos,as frustrações que vivemos no passado e, ao invés de aprendermos com eles, apenas fortalecemos esses sentimentos negativos. Não olhemos para trás, mas https://www.acheterviagrafr24.com/viagra-definition/ sim à nossa frente e prossigamos na força do Senhor. Assim experimentaremos uma vida diferenciada. Quem olha para trás, pode não subir quando Jesus voltar.

 

Concl. Cuidemos com as nossas escolhas; não descuidemos com o pecado, pois ele destrói. Não olhemos para trás, mas olhemos para tudo o que Deus tem à nossa frente.

Pastor Silas Zdrojewski