conquistando-por-meio-do-amor

Conquistas podem vir por muitos meios, no entanto o mais importante é que esses meios sejam corretos; pois Deus não aprova o que está fora de Sua Palavra. Porém, quando as conquistas resultam de meios corretos e motivadas pelo amor, elas se tornam ainda mais consistentes, nobres e significativas. A Escritura nos ensina que Deus é amor e as ações dEle são baseadas no princípio ace-hemmer zur blutdrucksenkung. rezept bei ohnerezeptfreikauf | ohnerezeptfreikauf do amor, que o Senhor tem por nós. Deus é o maior conquistador do universo; portanto, nada melhor do que aprendermos com Ele a respeito de conquistas. Hoje, comemoramos o Natal, nascimento de Jesus. E, como sabemos, a vinda de Jesus, o Filho de Deus, é a maior revelação do amor do Senhor por nós. Portanto, sejamos pessoas que conquistam por meio do amor.

I –O amor doa.

“Porque Deus tanto amou o mundo que deu o seu Filho Unigênito […]” (v.16a).

O mundo que Deus amou é pecador e imperfeito, mas, apesar disso, Ele deu Seu Filho Jesus para salvá-lo. O amor é altruísta, abnegado e doa mesmo que aquele que é alvo de sua doação não seja merecedor. O amor leva a dar. O fato de Deus nos amar e enviar Jesus ao mundo,fez com que fossemos conquistados por Ele. A Bíblia diz que este amor nos constrange (2Co 5.14). A Escritura ainda afirma: “Deem, e lhes será dado: uma boa medida, calcada, sacudida e transbordante será dada a vocês. Pois a medida que usarem também será usada para medir vocês” (Lucas 6.38).

A exemplo do nosso Deus, quando amamos, damos e quando damos,conquistamos. Alguns não dão porque não amam e têm medo de perder, mas a Bíblia diz que dando, receberemos (conquistaremos). Não temamos o dar para Deus, para o Reino dEle, para as pessoas, para os nossos familiares. Vamos dar do nosso tempo, amor, dinheiro, atenção, carinho etc., pois assim conquistaremos. O amor que doa é uma maravilhosa estratégia divina para conquistas.

 

II – O amor perdoa.

“Pois Deus enviou o seu Filho ao mundo, não para condenar o mundo, mas para que este fosse salvo por meio dele” (João 3.17).

Deus, por nos amar, enviou Jesus para que houvesse o perdão dos nossos pecados.“[…] Cristo morreu pelos nossos pecados […]” (1Co 15.3). “Filhinhos, eu lhes escrevo porque os seus pecados foram perdoados, graças ao nome de Jesus” (1Jo 2.12). O amor de Deus promoveu perdão que trouxe reconciliação. Deus nos conquistou por esse amor que nos perdoa. Quem ama e perdoa, conquista.

Assim como Deus perdoou e nos conquistou, nós devemos perdoar para conquistar. Muitos recusam perdoar, pois acham que se perdoarem, perderão. Assim, ficam presos em suas mágoas e rancores que os desgastam, que os fazem perder qualidade de vida e outras coisas mais. Segundo a orientação das Escrituras, devemos amar e perdoar. E quando assim o fazemos, conquistamos. Para conquistar sua família, perdoe; para não ficar preso e amarrado em diversas áreas da vida, perdoe.Assim, haverá muitas conquistas.

 

III – O amor não desiste.

“Porque Deus tanto amou o mundo que deu o seu Filho Unigênito […]” (v.16a). “[…] tendo amado os seus que estavam no mundo, amou-os até o fim” (Jo 13.1b).

Deus criou o homem e este pecou contra o Ele, mas Deus não desistiu do ser humano e fez a promessa de redenção (Gn 3.15). No decorrer da história humana vemos sempre a ação amorosa de Deus, nunca desistindo das pessoas. O fato do Senhor não desistir de nós, fez com que fossemos conquistados para Ele. A estratégia do amor que não desiste, traz como resultado grandes conquistas.

Para conquistar uma vida espiritual de qualidade, a eternidade, a família, finanças, ministério etc., precisamos usar a estratégia do amor que nunca desiste.

 

Concl. Para conquistarmos, sigamos o exemplo do nosso Criador que conquistou com um amor que doa, que perdoa e que não desiste. Assim, veremos maravilhosas conquistas acontecendo em nossa vida.

Pastor Silas Zdrojewski