Alcançando-PESSOAS-PARA-CRISTO

Jesus veio ao mundo por causa das pessoas. Ele poderia ter ficado na glória do céu, recebendo o louvor dos anjos e deixar a humanidade caminhando para a eternidade sem Deus. Porém, veio à terra para morrer pelos nossos pecados e, assim, nos trazer salvação. Em Cristo é revelado o amor sacrificial do nosso Deus, isto tudo porque Ele se importa com a nossa vida terrena e, sobretudo, com a eterna. Para Deus temos um grande valor! Em João 3.16 lemos: “Porque Deus tanto amou o mundo que deu o seu Filho Unigênito, para que todo o que nele crer não pereça, mas tenha a vida eterna”. Deus contemplou a nossa eternidade. Precisamos sempre refletir sobre a importância da nossa eternidade, e da eternidade dos outros. Quanto valor os outros têm para nós?

No texto lido vemos Jesus lutando pela vida de uma pessoa que estava sob o domínio malignoe, quando houve essa libertação, ocorreu salvação, cura e transformação. Dentro desse episódio, da luta por uma pessoa, Jesus nos ensina algumas verdades fundamentais para que nós, igualmente, lutemos para alcançar vidas; para estarem com Ele aqui na terra, e na eternidade.

I – Resultados das ações malignas.

“Depois disso, levaram-lhe um endemoninhado que era cego e mudo, e Jesus o curou, de modo que ele pôde falar e ver” (v.22).

A ação maligna na vida deste homem o impedia de enxergar e falar, muito embora ele pudesse fazer outras coisas como andar e ouvir. A cegueira deste homem não era apenas física. Era, sobretudo, espiritual; poisquando ele foi liberto daquele espírito maligno passou a enxergar e a falar. Quando alguém está debaixo de uma ação maligna fica com algumas limitações, em suas ações. Paulo disse:“O deus desta era cegou o entendimento dos descrentes, para que não vejam a luz do evangelho da glória de Cristo, que é a imagem de Deus” (2 Co 4.4). O que Paulo disse pode ser associado ao que ocorreu com o homem endemoninhado, pois ele estava cego e após a ação de Jesus para libertá-lo, ele pode enxergar.

Há muitas pessoas que estão, espiritualmente,impedidas de enxergar pelo maligno; e só poderão voltar a ver se alguém exercer uma ação espiritual de libertação sobre a vida delas. Deus quer que sejamos essas pessoas. Jesus disse: “Assim como o Pai me enviou, eu os envio” (Jo 20.21).

 

II – Há uma batalha espiritual pela vida das pessoas.

“Mas se é pelo Espírito de Deus que eu expulso demônios, então chegou a vocês o Reino de Deus. Ou, como alguém pode entrar na casa do homem forte e levar dali seus bens, sem antes amarrá-lo? Só então poderá roubar a casa dele” (v.28,29).

No contexto da libertação e salvação deste homem Jesus revela, por meio de uma ilustração, algo que ocorre no mundo espiritual, para queas pessoas possam experimentar a verdadeira liberdade. Jesus mostra que é preciso uma ação do Espírito de Deus, e que o homem forte – o demônio que oprime a vida da pessoa – precisa ser amarrado (impedido de agir na vontade dela), para que esta tome a sua decisão no pleno uso do seu livre arbítrio.

Para alcançar pessoas para Jesus, teremos de nos envolver em uma batalha espiritual com a unção e orientação do Espírito Santo. Isso demanda uma semeadura de oração.

 

III – Outras ações para se alcanças pessoas.

“Sejam sábios no procedimento para com os de fora; aproveitem ao máximo todas as oportunidades. O seu falar seja sempre agradável e temperado com sal, para que saibam como responder a cada um” (Cl 4.5,6).

Sábios procedimentos são sementescarregadas de um grande potencial de produção,que contribuirão para alcançarmos pessoas para Jesus. Além da semeadura de oração para venceras batalhas espirituais, precisamos usar as sementes de procedimentos sábios. Jesus usou amesa de refeição como um meio para transmitir as Suas palavras de vida; Ele também se contextualizou à realidade dos seus interlocutores quando trouxe as crianças para o Seu colo. Foi filosófico com Nicodemos; atencioso com os rejeitados; comeu com os pecadores; foi à festa de casamento. Jesus sempre teve procedimentos sábios, com atitudes de amor e palavras abençoadoras.

Semeemos na vida daqueles que queremos alcançar para Cristo com procedimentos sábios e estratégicos. Tenhamos atitudes de amor como: ajudar as pessoas em alguma coisa, convidá-las para um café, perguntar-lhes se querem que oremos por alguma situação específica, e sempre proferir palavras abençoadoras sobre elas.

 

Concl. Se em nosso coração somos gratos por tudo o que Jesus fez por nós, desejaremos que outras pessoas experimentem o mesmo. Assim, travaremos batalhas espirituais lançando sementes de oração, de atitudes de amor e de palavras abençoadoras sobre aqueles que desejamos alcançar para Cristo.

 

Para refletir:

  1. Como você se sente diante do amor de Cristo em deixar o céu para vir a esta terra, e morrer na cruz em seu lugar?
  2. Você já recebeu Jesus como seu único Salvador? Se ainda não o fez, gostaria de fazê-lo agora?
  3. Você se lembra de, pelo menos, cinco pessoas que precisam conhecer a Jesus e serem salvas por Ele?
  4. Que tipo de ações você pode ter para alcançá-las para Cristo?

Pastor Silas Zdrojewski