Isaías = Yahweh salva. Ele teve um ministério profético de cerca de 60 anos. Profetizou nos reinados de Jotão, Acaz, e Ezequias. Segundo a tradição, foi morto por Manassés, filho de Ezequias, sendo serrado ao meio, dentro de um tronco de árvore (Hb 11.37). Era um homem culto, poeta e fazia parte da nobreza. É o profeta que mais escreveu e, em nossas Bíblias, Isaías é o primeiro livro de profecias. Ele profetizou que Judá seria levado ao cativeiro, mas depois seria trazido de volta à Jerusalém. Esta passagem que lemos fala do cumprimento da Palavra divina, no retorno dos judeus. Dentro disso, vamos refletir sobre a Palavra do Senhor e seus efeitos na vida do povo de Deus.

Jesus, na parábola do semeador, disse que a semente é a Palavra de Deus e a terra é o coração do homem (Lc 8.11,12); e mostrou que, quando a semente cai em boa terra, ela produz muito. Vamos analisar a ação da Palavra de Deus ao cair em uma terra que a recebe bem.

 I –A Palavra de Deus não volta vazia.

“Assim como a chuva e a neve descem dos céus e não voltam para eles sem regarem a terra e fazerem-na brotar e florescer, para ela produzir semente para o semeador e pão para o que come; assim também ocorre com a palavra que sai da minha boca: ela não voltará para mim vazia, mas fará o que desejo e atingirá o propósito para o qual a enviei” (v. 10,11).

Quando chuva ou neve caem sobre a terra, elas regam a terra e isso faz com que esta produza. Deus diz que a Palavra dEle sempre fará a vida das pessoas produzir.

Tudo o que a Palavra de Deus produz é bom e traz vida. As palavras contrárias à alavra de Deus como a do mundo, da sociedade, dos famosos, produzemmorte. Sempre que nos expomos à Palavra doSenhor, recebemos vida da parte de Deus.

 

II – O cumprimento da Palavra de Deus produz alegria e transformação.

“Vocês sairão em júbilo e serão conduzidos em paz; os montes e colinas irromperão em canto diante de vocês, e todas as árvores do campo baterão palmas. No lugar do espinheiro crescerá o pinheiro, e em vez de roseiras bravascrescerá a murta. Isso resultará em renome para o Senhor, para sinal eterno, que não será destruído” (v. 12,13).

Essa promessa fala da libertação do cativeiro e a volta para Jerusalém. Quando essa palavra se cumpriu houve grande alegria e transformação. Entre outros resultados que a Palavra de Deus traz estão: júbilo, paz e canto de louvor aoSenhor. A produção da vida será outra, pois no lugar do espinheiro, que nada produz, crescerão arvores que dão frutos e não ficam espetando e machucando. Em lugar da urtiga que queima e fere crescerão árvores boas, nobres que dão sombra e refrigério.

A Palavra de Deus nos transforma e essa transformação resultará em alegria para nós e beneficiará outros. Quem se expõe às Escrituras para de produzir maus frutos – obras da carne (Gl 5.19-21) e passa a produzir o fruto do Espírito: “Mas o fruto do Espírito é amor, alegria, paz, paciência, amabilidade, bondade, fidelidade, mansidão e domínio próprio” (Gl 5.22,23).

 

III – Mais efeitos da Palavra de Deus.

A Palavra nos purifica: “Vocês já estão limpos, pela palavra que lhes tenho falado” (Jo 15.3).

A Palavra tem poder sobre as mais difíceis situações: “Não é a minha palavra como o fogo”, pergunta o Senhor, “e como um martelo que despedaça a rocha?” (Jr 23.29).

A Palavra de Deus realiza obras profundas: “Pois a palavra de Deus é viva e eficaz, e mais afiada que qualquer espada de dois gumes; ela penetra até o ponto de dividir alma e espírito, juntas e medulas; e julga os pensamentos e intenções do coração” (Hb 4.12).

 

Concl. Vamos nos expor, ao máximo, à Palavra de Deus; pois assim veremos efeitos maravilhosos em nossa vida, família e igreja. Experimentaremos alegria e muitas transformações positivas em nossa vida e ela nos instruirá no caminho para a  vida eterna (Jo 5.39).

Pastor Silas Zdrojewski