Hoje é um dia nacional de clamor pelo Brasil, em todas as Igrejas do Evangelho Quadrangular. Também neste domingo iniciamos a exposição dos nove valores da Primeira Igreja do Evangelho Quadrangular de Curitiba. Estes valores são: oração, unidade, excelência, integridade, ensino bíblico, cuidado pastoral, família para todos, sacerdócio universal, evangelização e missões. O valor a ser abordado hoje é o valor da oração.

O texto lido fala da oração no contexto da comunidade da fé (igreja) e nos ensina como esta oração pode ser eficaz. Esta passagem bíblica também traz um exemplo de alguém que orou, eficazmente, e mudou uma realidade nacional. Por meio deste texto bíblico, busquemos aprender a como orar eficazmente.

 

I – A oração eficaz diante do sofrimento e da doença.

a) “Entre vocês há alguém que está sofrendo? Que ele ore. Há alguém que se sente feliz? Que ele cante louvores. Entre vocês há alguém que está doente? Que ele mande chamar os presbíteros da igreja, para que estes sildenafil accord 50 mg prix orem sobre ele e o unjam com óleo, em nome do Senhor. A oração feita com fé curará o doente; o Senhor o levantará […]” (v. 13-15a).

b) A Bíblia considera todas as situações da vida humana, tanto as difíceis como as alegres. Em nenhum momento as Escrituras nos dizem que não enfrentaremos sofrimentos e doenças. Diante de situações alegres o texto bíblico nos diz que devemosser gratos, pois é preciso celebrar os bons momentos com canto e orações de louvor. Quando há sofrimento e dor, a oração é indicada como solução para essas situações.

c) Sejamos gratos a Deus por tudo o que Ele tem feito. Como disse Davi: “Não esqueça nenhuma de suas bênçãos” (Sl 103.2). Diante de sofrimentos que ocorrem na vida, não há nada melhor a fazer do que investir tempo em oração, pois ela nos fortalece e traz o sobrenatural de Deus sobre os sofrimentos; e, por conseguinte, a superação da dificuldade enfrentada. Diante das doenças, a oração traz a cura que Jesus nos proporcionou com Sua morte na cruz.

 

II – O contexto da oração eficaz.

a) “[…] mande chamar os presbíteros da igreja […] (v. 15b). E se houver cometido pecados, ele será perdoado. Portanto, confessem os seus pecados uns aos outros e orem uns pelos outros para serem curados.” (v. 15.b – 16a).

b) A oração eficaz ocorre dentro da comunidade da fé, a Igreja (εκκλησια ekklesia) = reunião de cidadãos chamados para fora de seus lares para algum lugar público; assembleia de cristãos que se reúnem para adorar. Igreja nunca foi cada um sozinho e isolado em sua casa. Um contexto de oração eficaz, também, leva a sério os pecados verticais e horizontais (contra Deus e contra o próximo).

c) Para que a nossa oração seja eficaz precisamos estar comprometidos, envolvidos com a Ekklesia (igreja, comunidade da fé). É imprescindível que levemos o pecado a sério e lidemos com ele da maneira correta: arrependimento, confissão, pedido de perdão e oração. Assim, teremos um contexto de oração que será eficaz.

 

III – A oração eficaz em causas nacionais.

a) “A oração de um justo é poderosa e eficaz. Elias era humano como nós. Ele orou fervorosamente para que não chovesse, e não choveu sobre a terra durante três anos e meio. Orou outra vez, e os céus enviaram chuva, e a terra produziu os seus frutos.” (v. 16b – 18).

b) Tiago cita o profeta Elias que se envolveu em uma causa nacional. Ele profetizou durante o reinado de Acabe e Jezabel. Acabe tinha corrompido a nação com idolatria e toda espécie de injustiça. Elias o confrontou e trouxe uma palavra de juízo divino sobre a nação, e assim não houve chuva por mais de três anos. Após esse tempo Elias se apresenta a Acabe. O rei chama Elias de “perturbador de Israel”; Elias diz que Acabe era o perturbador da nação (1 Reis 18.16-18). Após isso Elias desmascara os profetas de Baal, invoca o Senhor Deus e, então, o povo reconhece que só o Senhor é Deus (1 Reis 18.39). Posterior a esses acontecimentos, Elias ora e a chuva desce em abundância. A oração de Elias foi eficaz.

c) O Brasil precisa que muitos Elias se levantem e não se calem;que denunciem os pecados da nação; que chamem todos a um arrependimento para que a nossa terra receba do céu as chuvas vindas de Deus, que tanto precisamos. A situação que enfrentamos hoje tem muitos paralelos com a que Israel enfrentava no tempo de Elias. Nós podemos fazer diferença, sendo uma voz profética e nos colocando como intercessores pelo nossopaís.

 

Concl. Que a nossa oração seja eficaz diante dos sofrimentos e doenças,e que ocorra dentro do contexto que a Palavra de Deus indica. Creiamos que a nossa ação profética e oração podem mudar a realidade da nossa nação.

Pastor Silas Zdrojewski