capa-material-post

ARREPENDIMENTO E CRESCIMENTO Nº40

1) Quebra Gelo

NÃO FUI EU! É a declaração  mais comum quando se aborda um grupo de crianças diante de um erro. Sempre tentam se esconder ou jogar a culpa no outro. 

Assim acontece também com os adultos?

Por que é tão difícil para o homem assumir seus erros?  

2) Entendendo a Palavra

Quem esconde os seus pecados não prospera, mas quem os confessa e os abandona encontra misericórdia.Pv 28:13

Precisamos reconhecer nossa condição de dependência de Deus para nossa transformação, e do sangue de Jesus para o nosso perdão. E o primeiro passo para isso é confessarmos nossos pecados. O temor da confissão está ligado ao medo da punição, repreensão e exposição pública, numa relação direta com nossa reputação. Por isso temos receio de admitirmos um erro publicamente, mas quando confessamos nossos pecados a Deus, percebemos o quanto é libertador deixarmos para trás o pesado fardo de coisas erradas que fizemos. E assim entendemos que, da mesma forma, em nossa vida pública muitas vezes temos de reconhecer que erramos, mas mesmo que isto venha a “prejudicar nossa imagem”, o mais importante é estar em paz com nossa consciência e aprender a lição. Não se preocupar tanto com as conseqüências, mas sim com a reparação do fato e com a mudança positiva que isso trará.

Quanto aos nossos pecados, estejamos certos de que o perdão e a misericórdia de Deus estão à disposição de todos os que se achegam a Ele arrependidos: “Tu não rejeitarás um coração humilde a arrependido.”  (Salmo 51.17)

A Palavra nos diz que quem procura negar seu pecado, ignorá-lo ou mantê-lo encoberto ao invés de reconhecê-lo e confessá-lo a Deus, não alcança a prosperidade. Isso se aplica para todas as áreas de nossa vida, mas especialmente na área espiritual. Precisamos admitir nossos erros, confessá-los a Deus, analisá-los e descobrir o que podemos fazer para que não ocorram novamente. Todos cometemos erros, mas somente os tolos os repetem. Além disso, admiramos pessoas que admitem seus erros voluntariamente, pois as vemos como pessoas fortes e sábias, que sabem que não estão sempre certas. É assim que alcançamos a misericórdia de Deus, quando admitimos que erramos, estamos arrependidos e não queremos mais repetir este erro

4) Aplicando a Palavra

. 1- Quais erros geralmente somos capazes de assumir? 

Apenas aqueles que não comprometem nossa imagem? 

5) Desafio a Vivenciar

Entender que vale mais ser humilde e sincero com Deus do que mostrar uma imagem santa diante dos homens, pois é Jesus quem nos perdoa e transforma.

Confessar nosso pecado é um ato de humildade e Deus se alegra com isso, Ele espera isso de nós.

Equipe de Coordenação dos GPs

FAÇA O DOWNLOAD

Share this post

Share on google
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on print