capa-material-post

Socorro! Nº44

  1. Em filmes e na TV vemos a sigla S.O.S como pedido de socorro. Você já viu essa expressão? Sabe qual a sua origem e significado?

2) Entendendo a Palavra

O Código Morse foi usado como um dos principais meios de comunicação entre navios e aviões. Nesse sistema, sigla SOS era formada por uma combinação simples que com o passar do tempo ficou universalmente conhecida como um aviso de perigo. Por ser usado na navegação, acabou sendo associado com expressões como “Save Our Ship” (“Salve nosso navio”) ou “Save Our Souls” (“Salve nossas almas”).

No Salmo 28 vemos um pedido de socorro. Apesar de Davi não estar em um navio, ele certamente clamava pela salvação de sua alma. Ele reconhece que, caso o Senhor não lhe responda, é provável que ele pereça. Por isso, Davi pede: “não fiques indiferente para comigo”. Embora Davi tenha dito que se não fosse atendido por Deus haveria de ser semelhante aos que descem à cova, ele não apresenta seus problemas pessoais. 

Chama a atenção que do verso 3 a 5, Ele fala sobre ímpios e malfeitores,  sobre o castigo merecido por eles,  sobre não considerarem o Senhor… Mas não fala diretamente sobre ele ou sobre o que exatamente lhe aflige. Muitas vezes em meio à angústia, desespero, medo do fracasso ou da morte, não conseguimos nem expressar o que de fato nos assola, e nossas orações refletem justamente esse sentimento: “olha Deus, olha como são injustos comigo”; “olha como fazem tudo errado e são mais prósperos/felizes do que eu”; “olha como afrontam seus princípios”.

Sim, Deus vê! O próprio salmista afirma em Sl33:13-15 “Dos céus olha o Senhor e vê toda a humanidade; do seu trono ele observa todos os habitantes da terra; ele, que forma o coração de todos, que conhece tudo o que fazem.”

É por isso que a partir do verso 6, Davi rende graças ao Senhor por sua resposta e fidelidade. Por ter recebido força e encontrado abrigo em meio à angústia. Pelo cuidado daquele que é o Bom Pastor e pela alegria da salvação.

4) Aplicando a Palavra

  1. Em seus momentos de angústia e desespero, você tem enviado o pedido de socorro Àquele que é o único capaz de salvar seu “navio” e sua “alma”?

5) Desafio a Vivenciar

Que não hesitemos em acionar nossa “Guarda Costeira Celestial”, seja nas marolas ou nas tempestades que enfrentamos na vida, para que assim como Davi, possamos encontrar nEle força, abrigo e salvação.

FAÇA O DOWNLOAD

Share this post